Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Reflexões do Pr. Elias Rodrigues

"Deixa Deus Falar Com Você"

Reflexões do Pr. Elias Rodrigues

"Deixa Deus Falar Com Você"

ENDEREÇO: LIXÃO!

 

E Jó Assentou-se No Meio Da Cinza - Jó 2,8
 
Elas existem, são reais, existem mesmo!
 
   Havia nos tempos bíblicos, desde a época da Lei perdurando até os dias de Cristo, um lugar de cinzas, chamado de leprosário ou monturo; era o ‘lixão’ da cidade, para onde deveria ir todo o lixo de uma cidade inteira. Este lugar também era conhecido por conter um outro tipo de ‘lixo’, o humano, para lá deveriam ir as pessoas portadoras de uma doença física que a deixava ‘imunda’. Embora em alguns momentos estes lugares eram diferentes um do outro, ou seja, havia cidades e povoados que tinham um Monturo (Para lixo) e também um Leprosário (para pessoas com lepra e outras doenças).
   A lepra dos tempos bíblicos era um tipo de doença horrível, externa que deixava a pessoa cadavérica e monstruosa, ninguém gostaria de nem ao menos passar perto de um lugar destes, além de associarem sempre a doença a um grave pecado cometido pela pessoa; imaginavam que tal pessoa só estava nesta situação por ter cometido um grave erro e Deus estaria o castigando no corpo.
    Pessoas consideradas ‘santas’ jamais poderiam passar perto de um destes lugares, era inadmissível, por exemplo, um sacerdote ou um levita tocar numa pessoa neste estado; ninguém quer ser amigo de uma pessoa cujo endereço seja o lixo.
   O Individuo deveria ser levado ao Sacerdote assim que se percebesse nele alguma mancha, e seria examinado a cada sete dias - Lv 13.1-8 - Deveria andar com roupas rasgadas, uma espécie de identificação, além de estar com a cabeça descoberta e deveria andar ao passar por alguém ele mesmo gritar “imundo, sou imundo” - Lv 13.45,46.
 
Endereço: Lixão
   O lixo acontece, ninguém planeja estar no lixo, ninguém em sã consciência tem como projeto de vida ser mais um integrante do lixo ou ser ele próprio o lixo da vida; nós somos levados ao lixo, não vamos por nós mesmos. As calamidades da vida atingem a qualquer humano mortal na terra, a própria Bíblia declara: “Como Morre o Tolo, Também Morre o Sábio” – Ec 2,16 – Não importa quão sábio, estudado, preparado ou ate mesmo o quanto alguém seja ‘crente’, todos estamos sujeitos a ‘anoitecer no palácio e acordar no lixo’. – “Tudo sucede igualmente a todos, o mesmo que sucede ao justo, sucede ao ímpio, ao bom e ao mau, ao puro e ao impuro” - Ec 9,2.
   É bonito ouvir os ‘pregadores de auto-ajuda’ gritarem que nascemos para vitória, que somos donos da terra e outras frases de efeito, mas na hora mais difícil estas frases não surtem efeito algum. O lixo, as cinzas existem e a qualquer momento podemos ir parar lá e quando lá chegarmos os amigos, os pregadores de auto-ajuda desaparecerão.
   Imagine o que é um homem dono de muitas coisas, com uma família aparentemente boa, sonhos, projetos e um futuro planejado acordar sem nada e ainda doente. Imagine alguém que está levando uma vida normal, mesmo que apenas aparentemente, ser apanhado pela súbita visita da calamidade, do tipo “Atenção a Tragédia Chama Lá Fora”. Nenhum de nós foi preparado para isto, fomos ensinados pela tradição cristã que uma vez estando com Deus tudo deve correr tranqüilamente e se algo der errado devemos cobrar dele se tivermos crédito e se não tivermos devemos vasculhar nossa vida a busca de erros cometidos.
   Jó tinha lá seus erros, defeitos, não era o perfeitinho da vida, como nenhum ser humano é, mas temia a Deus e desviava-se do mal, viu-se apanhado de surpresa pela tragédia da vida e foi conduzido as cinzas; a titulo de curiosidade observe um pouco do que tornou-se a vida deste homem:
 
A Situação Física de Jó:
- 2.7,8 – Tinha Umas Coceiras Incessantes e Feridas;
- 2,12 – Ficou Irreconhecível;
- 3,24 – Tinha Vômitos e, Ao Mesmo Tempo, Falta de apetite;
- 3,26 – 7,4 – Sofria de Insônia e Inquietação;
- 7,5 – Saíram Vermes de Seu Corpo;
- 7.13,14 – Tinha Pesadelos
- 9,18 – Tinha Grande Dificuldade para respirar;
- 16,16 – Tinha Um choro contínuo e feridas nos olhos;
- 19,17 – Mau Hálito;
- 19,18 – Sofria Zombaria das Crianças;
- 19,20 – Teve Emagrecimento;
- 30,27 – Sofria Problemas Estomacais;
- 30,30 – Sua Pele apodreceu e tinha uma febre alta constante. (isto é o que eu chamo de ‘sentir na pele’)
 
   O nosso amigo Jó é a prova real e bíblica que a calamidade não escolhe idade, sexo, raça, nível espiritual ou intelectual; a tragédia pode sim bater a porta de qualquer um. Todos podemos um dia conhecer a dor do abandono e rejeição.
   O detalhe não é porque alguém foi para as cinzas, mas como se portará enquanto estiver nas cinzas, como encarará esta realidade, que como disse Jó: “O que eu temia caiu sobre mim” – 3,25 - “Esperando eu o bem me veio o mal” – 30,26. Porém o que surpreendeu as trevas e alegrou a Deus foi a postura de Jó mesmo em meio as cinzas.
 
Frases de Jó
 
  • Ainda que ele me mate, nele esperarei – 13,15.
  • Eu que meu Redentor Vive – 19,25
  • Ainda Verei a Deus – 19,26
  • Sei que tudo pode e nenhum de teus planos pode ser impedido – 42,2
  • Com os ouvidos ouvia falar de ti, mas agora te vêem os meus olhos – 42,5.
 
O Detalhe não é se você merece ou não passar pelas cinzas, ou porque você está nas cinzas, mas como você se comportará lá.
 
   Espero ter lhe Ajudado.
 
PR Elias Rodrigues
17 – Outubro – 2008
www.eliasrodrigues.net
(muito mais artigos no site visitem e comentem)